icon_success icon_info icon_warning icon_error

image_225ac9ad-6aa6-42c4-99b0-f645d17d13f5
image_c85b0685-e7dc-43f3-8f34-5f270407d46c
icon-arrow-left
icon-arrow-right

Manual de Orientação e Autodesenvolvimento Emocional

SKU 004327

0 avaliações de clientes

R$ 104,50 no Pix

ou R$ 110,00 no boleto

Ver mais formas de pagamento

Consulte frete e o prazo de entrega

Não Sabe o Cep?

  • Tema: Saúde Psicossocial
  • ISBN: 978-65-86-16336-0
  • Formato: 16x23 cm
  • Páginas: 160
  • Edição: 1ª Edição
  • Ano de Publicação: 2020

As emoções exercem importante papel na saúde psíquica e na interação social. Entretanto, nem sempre compreendemos bem o que sentimos, por que sentimos e os efeitos do que sentimos no bem-estar pessoal e nos relacionamentos sociais.

Este "Manual de orientação e autodesenvolvimento emocional" pretende ajudar você a compreender melhor suas emoções pessoais e a lidar no dia a dia com esses complexos estados afetivos inerentes á vida humana.

Sonia Maria Guedes Gondim

Apresentação (pág. 9)

PARTE I – Reconhecendo e compreendendo melhor as emoções no dia a dia (pág. 11)

EMOÇÕES (pág. 13)

Para que servem as emoções? (pág. 16)

Como comunicamos nossas emoções para o outro? E como saber o que as outras pessoas estão sentindo? (pág. 21)

Existem diferentes tipos de emoções? (pág. 23)

Mas como podemos frear algumas de nossas reações se por vezes expressamos nossas emoções de forma automática? (pág. 24)

Dicas para sensibilizar o aprendizado de crianças sobre as emoções: (pág. 27)

Atividade 1 – Reconhecendo nossas emoções – Adultos (pág. 27)

Atividade 2 – Reconhecendo nossas emoções – Adultos (pág. 29)

Atividade 3 – Reconhecendo nossas emoções – Crianças (pág. 31)

 

ALEGRIA (pág. 33)

Mas o que faz com que sintamos alegria?.(pág. 34)

Mas, em termos evolutivos, qual foi a função da alegria? (pág. 34)

Quais os benefícios associados à alegria? (pág. 35)

Mas você sabe diferenciar um sorriso verdadeiro de um falso? (pág. 36)

Atividade 4 – Descrevendo as emoções – Alegria (pág. 43)

 

TRISTEZA (pág. 47)

Mas o que faz com que sintamos tristeza? (pág. 48)

Em termos evolutivos, qual foi a função da tristeza? E qual seria a função da tristeza na atualidade? (pág. 50)

Quais são as características mais marcantes da tristeza? (pág. 53)

De que modo a tristeza pode afetar negativamente nosso comportamento? (pág. 53)

Como aprendemos a lidar com a tristeza? (pág. 55)

Atividade 5 – Descrevendo as emoções – Tristeza (pág. 56)

.

MEDO (pág. 59)

O que faz com que sintamos medo? (pág. 60)

Em termos evolutivos, qual foi a função do medo? (pág. 63)

Quais são as características expressivas mais marcantes do medo? (pág. 66)

O que fazer quando vir alguém com medo? (pág. 66)

O que acontece quando sentimos medo? O que acontece nos casos em que o medo está além da nossa capacidade de responder a ele? (pág. 68)

Como aprendemos a lidar com o medo? (pág. 72)

Atividade 6 – Descrevendo as emoções de medo (pág. 74)

 

RAIVA (pág. 77)

Mas o que nos faz sentir raiva? (pág. 79)

Em termos evolutivos, qual foi a função da raiva? (pág. 80)

Quais as funções da raiva atualmente? Será que ela sempre nos faz mal? (pág. 81)

Quais são as características mais marcantes da raiva? (pág. 83)

De que modo a raiva pode afetar nosso comportamento? O que ocorre conosco quando estamos com raiva? (pág. 85)

Como aprendemos a lidar com a raiva? (pág. 86)

Atividade 7 – Descrevendo as emoções – Raiva (pág. 89)

 

NOJO (pág. 91)

O que nos faz sentir nojo? (pág. 92)

Em termos evolutivos, qual foi a função do nojo? (pág. 93)

Quais as funções do nojo atualmente? Será que ele sempre nos faz mal? (pág. 95)

O que ocorre conosco quando estamos com nojo? E o que acontece quando sentimos nojo em excesso? (pág. 96)

Como aprendemos a lidar com o nojo? (pág. 99)

Atividade 8 – Descrevendo as emoções – Nojo (pág. 102)

 

PARTE II – Aprendendo a lidar melhor com as emoções no dia a dia (pág. 105)

REGULAÇÃO EMOCIONAL (pág. 107)

O que é regulação emocional e por que regular as emoções? (pág. 109)

O que leva uma pessoa a regular as emoções? (pág. 111)

Que estratégias podem nos ajudar a regular as emoções de forma mais eficaz? (pág. 115)

Alguns exemplos que podem ajudá-lo a pensar como a regulação emocional funciona na prática (pág. 119)

Quais as consequências de não se regular bem nossas emoções? (pág. 125)

O uso do mindfulness na regulação adaptativa das emoções (pág. 127)

O que é o contágio emocional e como ele pode ajudar nas interações? (pág. 128)

 

ESTUDO DE CASO 1

Regulação das emoções no trabalho (pág. 133)

 

ESTUDO DE CASO 2

Regulação das emoções no ambiente educacional (pág. 135)

 

ESTUDO DE CASO 3

Regulação das emoções na família (pág. 139)

 

ESTUDO DE CASO 4

Regulação das emoções no relacionamento amoroso (pág. 141)

 

ESTUDO DE CASO 5

Regulação das emoções no ambiente social (pág. 145)

 

REFERÊNCIAS (pág. 149)

PARTE I – Reconhecendo e compreendendo melhor as emoções no dia a dia (pág. 149)

PARTE II – Aprendendo a lidar melhor com as emoções no dia a dia (pág. 153)

ESTUDOS DE CASO (pág. 155)

SUGESTÕES PARA LEITURA (pág. 156)

.

Regulação emocional (pág. 156)

Contágio emocional (pág. 156)

Sobre os autores (pág. 157)

Opniões Sobre o Produto

O produto não tem reviews.

Deixe o seu comentário!