icon_success icon_info icon_warning icon_error

image_8c63a425-70d2-41d6-8481-28ce92e5fd28
image_f6a1f06b-f5a6-442d-8dd7-9237e809d3a0
icon-arrow-left
icon-arrow-right

Técnicas de Intervenção Psicopedagógica

SKU 001382

0 avaliações de clientes

R$ 65,55 no Pix

ou R$ 69,00 no boleto

Ver mais formas de pagamento

Consulte frete e o prazo de entrega

Não Sabe o Cep?

  • Tema: Psicodiagnostico
  • ISBN: 978-85-7585-241-5
  • Edição: 1ª Edição
  • Ano: 2008
  • Tamanho: 14 x 21 cm
  • Páginas: 152

Técnicas de Intervenção Psicopedagógica é oriundo da experiência da autora por longos anos, nos quais supervisionou trabalhos e atendeu casos de problemas e dificuldades de aprendizagem (psicopedagógicos).
 

O texto desta obra discorre sobre o aparato teórico que fundamenta a intervenção psicopedagógica e contém exemplos de casos de diferentes distúrbios de aprendizagem. Também são citados exemplos de aplicações de jogos psicopedagógicos.
 

No aparato teórico deste livro, a autora mostra técnicas de intervenção e sua interpretação operacionalizada, tornando a intervenção psicopedagógica incontestável e, acima de tudo, mostrando o campo e os limites da atuação psicopedagógica.

Leila Sara Jose Chamat

Prefácio (pág. 09)

 

Apresentação (pág. 11)

 

Introdução (pág. 13)

1. Fundamentos psicopedagógicos (pág. 23)
1.1 A criança com dificuldades de aprendizagem (pág. 23)
1.2 O papel do psicopedagogo (pág. 26)
1.3 O vínculo e a aprendizagem (pág. 30)

 

2. O desenvolvimento infantil segundo Piaget e neo-piagetianos (pág. 33)

2.1 Desenvolvimento infantil (pág. 33)
2.2 Estádios (pág. 35)
2.3 Comentários (pág. 37)

 

3. Delineamento da intervenção (pág. 41)

3.1 Esquemas (pág. 41)
3.2 Da problemática (pág. 44)
3.3 Das sessões de intervenção (pág. 45)
3.4 Planejamento das atividades (pág. 46)
3.5 Desenvolvimento das sessões (pág. 47)
3.6 Pontuação, assinalamento e interpretação operacional (pág. 48)
3.7 Avaliação (pág. 49)

 

4. Aspectos relevantes da intervenção (pág. 51)

4.1 Introdutório (pág. 51)
4.2 Fases da intervenção (pág. 52)
4.3 As hipóteses (pág. 53)
4.4 Esquemas de intervenção (pág. 55)
4.5 A interpretação no “real” (pág. 58)

 

5. Alterações mais comuns no comportamento do aprendiz (pág. 59)

5.1 Hiperatividade (pág. 59)
5.2 Dislexia (pág. 60)
5.3 Distúrbios de escrita (pág. 67)
5.4 Déficit de alfabetização (pág. 70)
5.5 Distúrbio no raciocínio (pág. 73)
5.6 Deficiência física (pág. 74)
5.7 Inclusão de alunos com déficits (pág. 75)
5.8 A criança agressiva (pág. 77)
5.9 Desordem de Atenção (pág. 79)
5.10 A criança sem limites (pág. 81)
5.11 Rebaixamento intelectivo (pág. 82)
5.12 Alterações de comportamento e a importância da disciplina (pág. 84)
5.13 Outras patologias (pág. 87)

 

6. Casos ilustrativos (pág. 89)

6.1 Exemplo de sessão com jogos (pág. 89)
6.2 Déficits na alfabetização (pág. 111)
6.3 Déficits de raciocínio (pág. 113)

 

7. Jogos e atividades específicas (pág. 115)

7.1 Implicações psicopedagógicas dos jogos (pág. 115)
7.2 Situações atípicas (pág. 117)

 

8. Avaliação (pág. 125)

8.1 O que avaliar? (pág. 125)

 

Considerações finais (pág. 127)

Referências bibliográficas (pág. 129)

 

Anexos (pág. 133)

Anexo 1 Técnica de dramatização e espelhamento (pág. 133)
Anexo 2 Influências benéficas da música (pág. 136)
Anexo 3 Relaxamento gradativo (pág. 137)
Anexo 4 Aplicação de trilha (pág. 138)
Anexo 5 Sugestões para formar palavras (pág. 140)
Anexo 6 Jogo da velha 3D (pág. 143)
Anexo 7 Jogo no processo de ensino e aprendizagem (pág. 148)

 

Formação da autora (pág. 151)

Opniões Sobre o Produto

O produto não tem reviews.

Deixe o seu comentário!