Pesquisa e Desenvolvimento

Desde o início de suas atividades, no ano de 1966, a Vetor Editora estimulou e encorajou o desenvolvimento de pesquisas sobre testes psicológicos com os autores, orientando-os sobre como realizar e concluir os projetos em andamento. Esse tipo de atividade era, na verdade, a realização individual de cada autor, que sem regras definidas ainda no Brasil, se baseavam em testes estrangeiros ou nas informações estabelecidas pela APA (American PsychologicalAssociation).

Entretanto, com a publicação da Resolução 2001/2002, pelo Conselho Federal de Psicologia, que ditava regras para a construção de instrumentos psicológicos, exigindo fundamentação teórica, validade, precisão e normatização dos testes psicológicos, a Vetor Editora desenvolveu seu próprio Departamento de Pesquisas.

Atualmente esse departamento não somente constrói testes adaptados à realidade brasileira, como também é responsável por atualizar constantemente as normas e os padrões de cada teste psicológico publicado e comercializado pela editora e adaptar os instrumentos importados de outros países.

Essa atividade é realizada por uma equipe técnica formada por mestres e doutores, com expertise no desenvolvimento de instrumentos de acordo com as normas do Conselho Federal de Psicologia (CFP).